22 de dezembro de 2009

Aqueça o coração

"Vem chegando o verão.... um calor no coração...." opsssssssssss.
Aqui não vamos cantar essa música..... pois, minha gente, o inverno bate a porta no hemisfério norte!

Eu particularmente não reclamo do frio porque acho que já acostumei. Apesar de amar de paixão calor, praia, sol! Mas dá trabalho o inverno.
Primeiro porque para sair de casa tem que haver todo um planejamento do que vestir, do que calçar, camadas de roupas, se precisa de bota de neve; não dá simplesmente pra tomar banho, lavar o cabelo e sair! Então, devo gastar em torno de 1 hora aqui.
E segundo porque o meu carro não tem garagem, dorme na frente de casa mesmo, o que significa que quando neva eu tenho que tirar toda a neve que fica em cima. Pode acrescentar mais uns 10 minutos.
Isso sem contar as crianças e toda a logística com elas. hahahahahahaha

Bom, mas tirando tudo isso, que cá entre nós é só ter um pouco de flexibilidade, o frio é sim bem intenso e diferente do que meu corpo estava acostumado a chamar de frio.

Mas não foi para uma nova experiência que todos viemos? Então, faz parte!

O corpo acostuma com esse frio intenso. É claro que quando esqueço as luvas ou o gorro passo bem mais frio. Ou quando vou pra NYC que tem aquele vento delicioso cortante.

E como disse Amyr Klink "conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto".

Vou deixar um trecho inspirador aqui.

E para todos, um bom inverno ou verão, dependendo do seu hemisfério e da sua capacidade de lidar com o diferente!!! =)

"Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV.
Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto.
Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto.
Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver."
do livro Mar Sem Fim

5 de dezembro de 2009

Let's snow... let's snow... let's snow!

Dirigindo na neve.... calma mãe ... não fiquei tirando foto ao mesmo tempo que estava dirigindo

Casas enfeitadas com luzes de Natal

Flocões de neve!

Era só pra ser uma nevinha, mas ficou tudo branquinho


Falando em fim de ano... clima de Natal (ou como se diz aqui: Holidays)... adivinha quem apareceu hoje pra completar???

NEVE!

Adooooooooooooro!

Acho que vou curtir esse dezembro muito mais que ano que vem. Por dois motivos: simplesmente porque AMO o final de ano... que coincide com o meu aniversário e segundo porque esse ano já estou "enturmada".

Quero muito curtir esse Natal muito mais que ano passado. Tirar milhões de fotos de todas as árvores e casas enfeitadas.
Quero estar com amigos para o meu aniversário este ano. Amigos que são os que escolhi... os que amo.... os que estão ao meu lado neste momento.
Porque foi isso mesmo que descobri... que o REALMENTE importa são as pessoas que estão ao nosso lado! Mesmo que do lado de lá da tela do computador....

E claro, comemorar muito o final de um ano maravilhoso e a entrada de um ano que promete ser muito especial.

E esse vou comemorar de verdade.... nada de ficar sozinha na balada de Reveillon :(

Sim.... vou fazer aquela famosa listinha de planos... e dar uma checada na lista do ano passado pra ver se realmente virou realidade.
Aliás, eu fiz uma lista de 10 coisas de alguma coisa no ano passado... preciso ir lá no arquivo e recuperar. Prometo fazer um post sobre isso!

Então... let's snow... let's snow... let's snow!!!!


video

24 de novembro de 2009

Eu decidi antes!

Está sendo bom porque eu decidi antes que ia ser bom!
Eu ouvi isso em algum lugar e fiquei pensando em tudo que aconteceu em 1 ano!

Quero fazer esse post em homenagem ao término do meu primeiro ano e inicio do segundo ano de au pair!

Tudo que acontece aqui gira em torno do que estamos sentindo no dia-a-dia. Nas ansiedades, tristezas, alegrias, emoções, estresses e tudo mais! Por isso que acho que estou feliz. Lógico, que não é o único motivo para eu ter passado um excelente ano, e sei o quanto eu dei sorte com a minha família que me trata como parte dela.
Mas, essa questão de como você enxerga a situação, do estado de espírito foi primordial neste tempo.

Eu gosto porque decidi antes que ia gostar. Problemas? Lógico que surgem.... todo mundo têm. Surpresas e imprevistos? Também apareceram! Mas eu decidi antes que ia encarar todos de peito aberto e com muita força!
Se eu choro? Sim, eu choro!
Se eu já me perguntei o que estou fazendo aqui? Já sim!
Se eu sinto saudades? Sinto muita saudades dos que amo!

Mas eu decidi antes que ia ser feliz...

Vou compartilhar com vocês. Duas semanas depois que eu cheguei aqui na casa a mãe foi demitida e desde então eu trabalho com a mãe em casa. Muitas vezes, ela que decide os passeios, a comida, os horários! Eu dirijo pouco as crianças porque ela gosta de fazer isso. E eu super respeito o fato de ela ter o privilegio de passar mais tempo com os filhos. Mas, muitas vezes me senti boba, entediada, sem descanso!
E eu ficava todos os dias pensando quando será que ela vai arrumar um emprego. Todos os dias eu me perguntava quando isso ia acabar!
Até que um dia, dormindo, eu sonhei que eu dizia pra mim mesma que eu simplesmente iria parar de reclamar. E acordei, lembrando disso! Então eu percebi que o que eu estava fazendo era como um mantra. Todos os dias, eu repetia pra mim mesma: ai que saco, mais um dia de trabalho, quando será que ela vai arrumar emprego????

Decidi simplesmente parar de reclamar na minha cabeça, aceitar a situação, encarar de frente e gostar... decidi de novo ser feliz!

Tudo vai de acordo com o que se pede pra si mesmo, penso eu! Não com essa vida auperiana, mas como se encara a vida! Aprendi uma boa lição: os problemas sempre vão existir.. eles podem ser diferentes, podem ser resolvidos e novos surgirem.. mas o nosso estado de espírito e como encaramos tudo é o que fará toda a diferença.

E assim, se foram os meus 12 meses. Um entra e sai de gente... grandes amizades... bons passeios... excelentes viagens.... compras.... estudos... o inglês que vem cada dia melhor!

Sabe por que?
Por que eu decidi antes que iria ser um GRANDE ANO!

19 de novembro de 2009

Parabéns Aline!

Happy Birthday Aline!!!

Esses amigos agregados que entram no coração e não saem mais!
Um excelente aniversário pra você! Meus pensamentos estarão por lá!
Que neste novo ano que se inicia hoje você realize todos os seus sonhos! ;-)
Vai arquitetando como, ok?

Um super beijo!
Da amiga Cinthya

10 de novembro de 2009

I'M IN MIAMI BICTH!

Aí, que vida difícil!!!!

Amo, amo, amo

Ami James do Miami Ink

Essa foi a visão lá de cima do Parasailing

Eu quero ser uma pipa!

Pa, pa, pa, party every day... party every day

Não era a tal caipirinha que fizemos... mas estava boa!

Delícia de praia.... amo praia!

Galeria do Romero Britto. A-M-O!

As férias em Miami foram muuuuuuito boas! Não poderia ter sido melhor, nem em Cancun.

Quando eu ouvia aquele ditado de pegar um limão que a vida nos dá e fazer uma limonada, eu não dava muita atenção. Mas foi o que aconteceu: pegamos o limão, adicionamos o açúcar e a cachaça e fizemos uma deliciosa caipirinha!

Descansei a mente e cansei o corpo.
Praia linda, temperatura quente (mas não úmida, perfeito), festas, amigos novos.....

Ficamos no Hostel da South Beach e, diferente das minhas férias em Londres, não tinha planejado nada, não estava preocupada em conhecer pontos turísticos ou correr contra o tempo. Não tinha relógio, nada estava no papel, tudo aconteceu naturalmente. Quando estávamos com fome, comíamos, quando estávamos com sono, dormíamos, quando dava vontade, íamos pra praia. Andamos sem muito rumo pelas ruas por alí... e até achamos o Miami Ink e tiramos foto com o Ami James!!!!!

Conheci muita gente interessante... pessoas do mundo todo. Duas meninas super legais que estavam no meu quarto estavam viajando pelo mundo há 5 e 8 meses, mochilão pelo mundo! Que vontade que dá de pôr uma mochila nas costas e ir correr esse mundo....

E num dia muito bonito, com o céu azul, fizemos Parasailing. Um espécie de pipa. Senta-se numa cadeirinha e eles sobem um balão preso à corda.
A sensação é maravilhosa. Depois que passa a adrenalina de subir.... não se ouve um ruído se quer. Dá uma paz. Fora a vista lá de cima.. do céu azul, a água verde e a areia branquinha... da pra ver toda a orla da praia. Lindo demais!
Eu recomendo para quem está indo pra Miami Beach fazer. Não é caro, pagamos U$ 150.00 por duas pessoas.

Voltar foi mais complexo! Fiquei de Miamisick uma semana. Acho que porque foi muitoooooo bom, meu corpo veio embora, mas meu coração ainda estava lá!!!!

Mas é sempre bom ter pra onde voltar. E, além disso, era semana do Halloween, mais festas estavam vindo. :-)

17 de outubro de 2009

Férias!

Vamos à novela.

Uma amiga e eu conseguimos as datas das férias na mesma semana, depois de muita negociação com nossos hosts.
Muito animadas, compramos o voo e o hotel com tudo incluso para ir pra Cancun...... Eba! As férias perfeitas.
Porém, entretanto e todavia, brasileiros precisam de visto para entram no Mexico.
Então, pensamos: fácil... só levarmos todos os documentos e apresentarmos tudo pago.

Aqui vamos nós!
Não conseguimos o visto para o Mexico... mesmo com TUDO pago!

Foi uma decepção muito grande e uma tristeza perder dinheiro. Mas é quando a gente descobre que tem amigos para nos socorrer.

Pegamos esse limão, pusemos gelo, açúcar e cachaça... e fizemos uma caipirinha!

Estamos indo pra Miami amanhã cedo, quer dizer hoje... daqui a pouco!
E com certeza a temperatura estará mais quentinha do que aqui.

Aliás, tenho que contar que nevou ontem aqui em Pleasantville e redondezas. Não chegou a ficar branquinho porque não estava abaixo de 0ºC e quando os pequenos flocos de neve tocavam o chão já derretiam. Estava 2ºC!

Boas férias pra nós! Merecemos um pouco de praia, sombra e água fresca.
E sim, mãe, eu estou levando o protetor solar!

14 de outubro de 2009

14 de outubro!



"Deixo livre todas as coisas que amo.... se voltarem, foi porque as cativei... senão, porque nunca as tive. De repente se aprende que não se prende pássaros e nem corações e que, para estarmos juntos, não é preciso estar ao lado, mas do lado de dentro".
Saint-Exupéry

Feliz Aniversário, Emerson!
Eu te amo!

1 de outubro de 2009

Homesick???

O que é a solidão?

Com certeza a solidão é um estado de espírito!

Para nós que estamos fora de casa, fora do nosso país, fora de todo o contexto em que vivemos por um tempo longo de nossas vidas tudo se torna mais delicado, mais sensível, amplificado.

Minha família foi viajar por 1 semana, e eu fiquei!
Oba! Vou relaxar, descansar... andar pelada pela casa (brincadeira)!

No primeiro dia, fiz um monte de coisas... estava animada. Li, fui até a casa de amigas, lavei meu carro (é isso mesmo... estava empolgada). Nos segundo dia, levantei cedo, fui pra academia, almocei com outra amiga, estudei... Já no terceiro dia, comecei a moleza. Que silêncio que estava a casa...
Depois não sai da cama mais!

Ainda bem que a internet está aqui. Que aproxima, que permite, que consola! Não tem preço poder jogar buraco com a tia numa noite não muito quente! Te amo tia Regina!
Ou poder passar 3 horas falando, falando, falando com a minha mãe e pai, enquanto se põe o quarto em ordem! Amo, amo, amo! Isso, sem falar naqueles amigos que lêem o seu facebook e correm pra te ligar, né Amanda? Te amo, amiga!

Como podemos nos sentir sozinhos com mais de 6 bilhões de pessoas no mundo?

Quem acompanha aqui minha experiência já percebeu que não costumo reclamar ou focar nas coisas negativas. Mas é totalmente humano não estar feliz 24 horas por dia. Chorar faz parte do corpo e da mente e não há nada de errado com isso.
Talvez toda essa sensação de solidão, misturada com mil outras coisas que andam acontecendo, é mais um desafio que vem para me deixar forte.

Superar desafios está em tentar entender o que se passa e encontrar uma solução. Mas muitas vezes superar desafios está em não entender nada e apenas sentir.... seja lá o que for... solidão, tristeza, dúvidas...! E aceitar! Ninguém é feliz 100% do tempo e também não dá pra ser infeliz o tempo inteiro. Portanto, encontre a luz no meio das trevas e a siga. Em algum lugar chegaremos quando tudo acabar.

Por ora, estou contente com a casa cheia de novo e com todos os barulhos que se agitam bem em cima da minha cabeça!

Amanhã será sempre novo!

8 de setembro de 2009

Qual o seu medo?

Quero falar hoje de medo. Porque sim, ele existe!

Bem menos agora que tudo já está nos eixos e mais do que em rotina!
Mas antes de pegar aquele avião... quanto medo eu senti.... antes de entregar aqueles papéis... muito mais!

Acredito que medo não seja ruim em excesso porque nos ajuda a evitar o perigo. Mas se o medo está paralisando você... não fuja! Respire e enfrente.
Principalmente se você está em dúvida de deixar o conforto da casa no seu país e ter uma experiência no exterior.

Eu posso dizer que não é fácil porque tive que enfrentar todo esse medo para chegar até aqui e hoje poder dizer que foi a melhor decisão que tomei. Aprendi e tenho aprendido muitooooo.

Eu me lembro das longas horas na cama antes de dormir pensando como iria ser quando eu chegasse... e como seria sobreviver sozinha em uma família que não é minha, em uma casa que não é a minha, falando uma língua que nem sei direito (isso me deixava até sem ar), sem os meus amigos, família e sem meu namorado.

Eu me lembro de ler histórias horríveis na internet e ouvir sobre o que acontecia com algumas meninas e morrer de medo de ter o azar de passar por alguma daquelas situações.

Lembro-me também de pensar na parte da viagem de avião. Seria a primeira vez depois de mais velha e seria a primeira viagem de longa distância também. Mas esse medo, todos os dias, eu guardava só pra hora do embarque. Eu decidi não sofrer de antecedência.

Medo do fato de ser 1 ano inteiro. Eu ficava inconformada em pensar o quanto iria demorar.
Tanta coisa que eu gostaria de fazer antes de começar meu ano fora, como colocar aparelho nos dentes, emagrecer, comprar algumas coisas....

E tantas outras sensações de me sentir pressionada por tudo que as pessoas me questionavam... pelo meu namorado, pelo meu inglês e pela minha escolha em cuidar de crianças mesmo sendo graduada.

Sim, tudo isso era real! Não o que eu imaginava que seria, mas o meu medo.. ele era real e me paralisava de ir pra frente!

Hoje posso dizer que se eu não tivesse enfrentado, nunca saberia o que realmente tem aqui deste lado. E nunca teria aprendido tudo o que venho aprendendo e nem visto tudo o que tenho visto.

E se Lenine me permite mais uma vez ... ouça essa letra de música com atenção e vença seu medo para crescer!

25 de agosto de 2009

Simples assim...

A vida não é complicada, somos nós que fazemos a vida ser complicada!

Leia essa canção e se inspire para um novo dia!

Do It - Lenine

Tá cansada, senta
Se acredita, tenta
Se tá frio, esquenta
Se tá fora, entra
Se pediu, agüenta
Se pediu, agüenta...

Se sujou, cai fora
Se dá pé, namora
Tá doendo, chora
Tá caindo, escora
Não tá bom, melhora
Não tá bom, melhora...

Se aperta, grite
Se tá chato, agite
Se não tem, credite
Se foi falta, apite
Se não é, imite...

Se é do mato, amanse
Trabalhou, descanse
Se tem festa, dance
Se tá longe, alcance
Use sua chance
Use sua chance...

Se tá puto, quebre
Ta feliz, requebre
Se venceu, celebre
Se tá velho, alquebre
Corra atrás da lebre
Corra atrás da lebre...

Se perdeu, procure
Se é seu, segure
Se tá mal, se cure
Se é verdade, jure
Quer saber, apure
Quer saber, apure...

Se sobrou, congele
Se não vai, cancele
Se é inocente, apele
Escravo, se rebele
Nunca se atropele...

Se escreveu, remeta
Engrossou, se meta
E quer dever, prometa
Prá moldar, derreta
Não se submeta
Não se submeta...


Bom dia!
Cinthya

21 de agosto de 2009

É verão!

Pois é... calor abafado!
Sabe aquele bafo antes da chuva??? Fica assim o dia todo!

Minhas aulas acabaram na segunda-feira.

Eu recomendo pra todo mundo classe de pronúncia. Dá um start na mente para a forma correta de pronunciar o inglês. Lógico que não tem milagre. O segredo está mesmo em ter altos papos em inglês, até mesmo por telefone, assistir muita televisão e filmes, ouvir rádio.... e falar o mínimo possível em português. Um desafio!

Agora estou pensando em fazer aulas de preparação para o Toefl. Pelo que entendi essas aulas trabalham bastante o listen e speak para a prova, além do read and write, eu espero aproveitar bem as aulas!

Já são 9 meses e não podia ser melhor. Não me arrependo nem um minuto da minha decisão, estou feliz e realizando sonhos!
E minha lista só vai aumentando!

Meus pimpolhos estão crescendo e agora começaram a falar feito vitrola. É um delícia! Inclusive porque eu ensino português pra eles.

Agora estou pensando o que fazer da minha segunda semana de férias e quando! Só sei que preciso descansar um pouco... afinal a gente merece!

21 de julho de 2009

Dicas sobre Londres


Vamos lá!

Dicas sobre minha viagem a Londres:

Visto
O visto para brasileiros é concedido na entrada da imigração. Quando você chega em solo, depois de 7 horinhas de voo, a partir de New York (no meu caso).
Eles pegam o passaporte e fazem algumas perguntas (em inglês).
No meu caso: ela queria saber onde eu iria ficar e, quando eu disse que na casa de um amigo, ela me perguntou qual a cidadania desse meu amigo: Italiano, eu respondi.
Eu tinha uma carta-convite que esse meu amigo me fez, dizendo endereço, telefone, que se responsabiliza por mim.... mas na verdade ela nem quis ver.

Depois ela me perguntou o que estava fazendo aqui: Turismo... vim conhecer Londres.
E quantos dias você pretende ficar? 9 dias!
E depois desses 9 dias, o que vai fazer? Então, eu expliquei que eu era au pair nos Estados Unidos e tinha 1 semana de férias e tinha escolhido Londres. Que era mais barato pra mim que sou brasileira fazer essa viagem a partir dos EUA. E que eu iria voltar pros EUA para completar mais 6 meses de programa.
Daí ela olhou meu visto de entrada e me questionou porque eu disse 6 meses, se o meu visto ia só até setembro. Expliquei que o visto era só mesmo até setembro, mas que aquele era o meu visto de entrada nos Estados Unidos, que eu tinha visto J1 de permanencia ate o final de novembro.
E já tirei meu DS 2019 da bolsa e dei pra ela.

Ela olhou, olhou e carimbou meu passaporte de entrada....

Ok! Tudo certo para entrar......


DUAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES:
- Temos que assinar o DS 2019 antes de sair dos Estados Unidos. Nossa agência que faz isso.
- Quando formos embarcar para fora dos Estados Unidos e depois voltar, temos que entregar o I 94 que fica grampeado no nosso passaporte. Quando voltamos, preenchemos outros e eles grampeam de novo no passaporte. No meu caso, fui eu que desgrampeie e entreguei no balcão de embarque. Se não soubesse, eles nem teriam feito isso.


Sobre os passeios:
Há muito o que se ver e conhecer por Londres, desde museuns aos montes, castelos, até passeios como o London Eye e tomar cervejas nos pubs.
Eu pesquisei em livros de viagem, que normalmente tem em bibliotecas. Fiz uma lista e estipulei prioridades. O que eu não poderia deixar de ver de jeito nenhum.... e os passeios que eu poderia ir se sobrasse tempo.

Eu bati perna os meus 9 dias sem parar. Feito uma louca. Talvez eu tivesse feito algumas coisas diferentes, porque agora eu sei como é Londres e o que é legal ou não.


Eu comprei o London Pass (http://www.londonpass.com/) que me deu direito a ver muitas atrações.
Esse produto tem um monte de atrações e entradas inclusas por um preço menor do que pagaríamos se fossemos nas mesmas atrações. A realidade é que impossível ir em todas as atrações que eles oferecem, mas valeu muito a pena.

Explico: ganho em dolares e fiz uma conta pensando no câmbio para libras. Só que essa conta não estava próxima da realidade. Se eu tivesse que pagar por tudo que eu vi, com certeza eu gastaria mais do que comprando o London Pass por 6 dias (tem ainda as opções de 1 e 3 dias).

Outra coisa: eles vendem junto o Travel Card, um cartão de 6 dias para andar quantas vezes quiser em ônibus e metrô de lá. Então, não precisei nem me preocupar em ficar separando dinheiro praa transposrte. Exceto até a casa do meu amigo e quando voltei pro aeroporto. E se você compra o Travel Card de 6 dias, eles dão o 7º de bônus. Por isso que é vantagem comprar pela London Pass.
Porque o Travel Card pode ser comprado dentro do metrô. É só escolher o número de dias e as zonas.

Isso é outra coisa interessante de entender. Londres é dividida em zonas. Anexo mapa.
Quanto mais perto do centro, mas caro é o transporte.
Por exemplo, se o seu hotel está na zona 3 e a maioria dos passeios está na zona 1. Você tem que pagar transporte da zona 3 para a 1.

Mas o Travel Card que usei dava direito de andar por todas as zonas, quantas vezes eu precisasse.

PS: No metrô de Londres, você passa o cartão quando entra no metrô e quando saí também. Porque é quando desconta o valor. A máquina sabe de onde você está vindo e pode descontar o preço real.



Valores:
Eu paguei a passagem de avião ida e volta de Nova Ioque-Londres U$ 450.00
Comprei no dia 1º de maio para o dia 22 de maio.
Fiz o cartão de milhagem da American Airlines. Mas fiz sempre a pesquisa por esse site: www.kayak.com
Depois de 2 semanas, o mesmo dia da minha viagem as passagens estavam por 900 dolares. Sabe por que? Porque estava começanco a esquentar e as pessoas começam a planejar férias, então os preços vão lá pra cima!

Com comida durante o dia, eu gastei em torno de 15.00 libras... o equivalente a quase 30 dolares por dia (café, almoço e janta).

O London Pass mais o Travel Card foram 200 dolares.
E ainda gastei com o London Eye que não está incluso: 25 libras (50 dolares)
Mais presentes e cervejas aos montes dos pubs.

Com isso, eu levei 600 dolares.
Foi sim apertado.... no ultimo dia peguei 100 dolares emprestados com meu amigo, pra comprar umas lembraças pro meus host e kids e passar bem o último dia!
Mas, eu também sou gastona.


Pontos Turisticos que não dá pra perder.

- Casas do Parlamento e Big Ben
- London Eye
- London Tower
- Tower Bridge
- Trafalgar Square e National Gallery
- Picadilli Circus (praça do Cupido)
- Tate Modern e Tate Britain
- San Paul Cathedral (maravilhosa... suba por dentro até lá em cima e desça até embaixo, onde tem tumulos de famosos e importantes)
- Vá até Greenwich ver o ponto 00. Se puder vá de barco.... que saí do pier de Westminster e aproveite o passeio para tirar muitas fotos
- Shakeaspeare Globe Theather. Visite por dentro e se tiver dinheiro, vale a pena comprar um ticket para ver uma peça (eu não tive :-(
- The British Museum FANTÁSTICO
- Victoria and albert Museum
- Vá ao Convert Garden
- Se tiver London Pass, não perca o passeio ao Winsdor Castle, castelo de descanso da rainha
- Buchingham Palace e veja a troca de guarda as 11h30 (confirme o horário porque eles mudam durante o ano). Fique o mais perto que puder do portão do palácio.
- Coma Fish and Chips, que é o prato típico de lá.
- Vá a um pub porque não dois ou três
- Se você comprar o London Pass, agende um passeio que eles tem de gondola. Mas você precisa agendar, porque eu cheguei lá e já estava esgotado o limite de pessoas.
- Vá dar um passeio no Camdew Town.... você não se arrependerá
- Coma MC e beba Coca-Cola... e descubra que gosto tem!


Depois, tire muitas fotos e me mande um email contando como foi. Ficarei imensamente feliz!

Espero que as informações ajudem e estou por aqui se precisar de mais!

Grande Beijo
Cinthya

8 de julho de 2009

Agitação!

Dois finais de semana super agitados.... eu gosto disso.
Mas agora preciso descansar um pouco e voltar a guardar dinheiro para novos sonhos.

Final de semana retrasado eu recebi uma amiga de uma amiga, Karine, amiga da Juliana.
Ela está morando em NYC e ficará só por 3 meses. E veio conhecer como é a vida no campo..... hahahahahaha. Sabe como é, aqui não tem o agito da City (e nem os problemas de cidade grande, também).

Ah! A vida no campo!!!!!

Neste mesmo final de semana, o pessoal da minha sala fez um churrasco na casa de um deles. Foi o dia mais divertido que passei aqui nos Estados Unidos desde que cheguei. Voltei feliz pra casa, cansada de tanto dançar salsa e ouvir espanhol. Na verdade, o lugar que esse meu amigo de classe mora é um haras. Pois mais uma coisa pra minha lista do que fiz pela primeira vez: andar à cavalo. Não sozinha.... eles me ajudaram, mas enrolei até ser a última, tomando coragem pra subir naquele baita bicho. Não imaginava que lá de cima fosse tão alto e que mexia tanto quando ele anda.
Acho que prefiro ir sozinha de avião pra Londres de novo.....

Detalhe: nunca tive um único sonho em inglês..... e não é que sonhei em espanhol na noite de domingo pra segunda!!!!

Na foto: Karine e Cinthya

E esse final de semana foi 4 de julho, feriado mais importante aqui. 
Recebi uma das minhas mais queridas amigas que tenho, diretamente do Brasil: a Amanda!
Ela me ajudou muito quando tomei a decisão de vir pra cá, inclusive com o inglês. 
A Renata foi a outra que também me ajudou muito!

Andamos muito, de cima pra baixo! E também aproveitamos pra comprar... porque vale a pena!
Só pra fazer uma pontinha de inveja, a Victoria's Secret está em "sale".... e quando aqui lojas estão em "sale", é pra valer!
Nunca fui uma louca por Victoria's Secret, tão pouco conhecia quando cheguei aqui. Mas dá pra babar nas promoções. Tudo é lindo, de alta qualidade. Não ligo muito pra marca!

Nesta foto: Amanda, Barbara e Cinthya















Assiti aos fogos na rua. Foi interessante! Senti que estava no Ano Novo, primeiro que fogos sempre me fazem lembrar Ano Novo e segundo porque aqui está calor, estamos no verão.

Alguns fizeram uau, ow, quando os fogos fizeram formatos diferentes e brilharam mais. Alguns cantaram o Hino Nacional e aplaudiram quando tudo acabou.... depois foram embora pra casa. Nada de bêbados nas ruas, brigas, empurra-empurra. Tudo muito educado e com espaço para todos.


video

Termino contando uma novidade: chegou hoje um email da minha agência informando sobre extensão do programa. Dizendo que posso ficar mais 6, 9 ou 12 meses com a mesma família ou com outra. Não sei se é muita pressa, mas ainda estou curtindo meu sétimo mês.... me senti pressionada! Mas se pensarmos, já já só faltarão 4 meses pra acabar o primeiro ano.... e pensar que eu achava um ano uma eternidade!!!!

26 de junho de 2009

Chove chuva!

Só chove por aqui!
Todos me dizem que já era para estar bem quente, por volta de 30ºC ou mais.
E também dizem que o calor aqui é insuportável... úmido e bem quente!

Na verdade, não estou muito preocupada ou com pressa para ver esse calorão todo. Estou bem confortável com os 21º, 26ºC que está fazendo!
E esse monte de chuva só me faz lembrar da minha terrinha molhada São Paulo.

Quando eles falam que vem tempestade e depois eu vejo a chuvinha caindo.... penso: essa que era a tempestade?
Acho que ninguém viu São Paulo caos alagada.... 

Tá, eu sei, São Paulo é uma metrópole e cheia de problemas de excesso de pessoas e asfalto.... 
Mas adorava ver aquele céu quase preto, pronto pra chover um monte; e eu em casa, esquentando a água pra fazer um cafezinho... Sempre deixava a janela aberta pra ouvir e ver aquela água toda caindo! 
E meu pai, vindo ver se eu tinha desligado a TV porque estava muito relâmpago e trovão, sempre dizia: vai molhar todo o seu quarto!

Aí que saudades!

Mas sabe quem está muito feliz com essa "chuvada" daqui?
Minhas amigas, as árvores!!!!

Dá pra ver o quanto elas mudaram!


18 de abril
29 de abril
13 de maio

9 de junho

30 de maio de 2009

Voltei!

Não, eu não estive de férias todo esse tempo.
Mas como disse minha mãe: seu blog ainda está em férias!

Londres é sensacional.
Que cidade deliciosa... que sonho!
Não preciso nem dizer que AMEI de paixão. Londres é perfeita!

Uma cidade de muitos. Uma cidade que não exclui ninguém. Uma cidade que recebe muito bem. Organização britânica. Pontos turísticos de babar. Pessoas felizes nas ruas. Agitação, turistas por toda a parte.
Posso ficar horas e horas falando dos milhares de museus e castelos que visitei. E posso falar também do que há de moderno lá. Londres é uma cidade heterogênea: recheada de história e antropologia, com toques perfeitos de modernidade. Não tem como não se encantar.

Estou muito feliz de ter pisado pela primeira vez na Europa por Londres.

E como toda férias... o tempo voou.
Mas fiz tudo que eu queria. Aproveitei cada segundo e voltei com o corpo cansado... mas com a mente limpa, descansada!

Viajar sozinha foi muito bom, um desafio, senti-me mais forte quando voltei, mais realizada. Em alguns momentos senti falta de ter alguém pra conversar, pra compartilhar o que eu estava achando, sentindo, mas nada como conversar com a câmera.

Fiquei na casa de um grande amigo, o Gustavo. 

Obrigada Gú por me receber por aí! Foi uma viagem muito especial pra mim!
Obrigada de coração!

Sobre dicas e valores, posso dizer muitas coisas... se você tiver interesse em saber... só me mandar um email que eu passo todas as informações. Para au pairs que pensam em passear pela Europa: programamem-se para essa viagem antes que o visto de entrada nos Estados Unidos expire, porque depois não dá mais pra sair do país e depois voltar.

23 de maio de 2009

Feriassssss

Tirar ferias e descansar.
A gente merece tambem!!!

Pois e', fiz as malas e vim conhecer Londres!


Estava bem ansiosa para viajar sozinha e para ver se eu me sairia com o meu ingles by myself.


E apesar do super frio na barriga, as coisas andam muito bem. Passei bem tranquilo pela imigracao, apesar de muitas perguntas. E me virei, e na verdade me diverti com essa aventura, achando onde comprar o ticket e qual estacao de trem usar.


Londres e' um sonho... maravilhoso. Agora entendo quando dizem que e' uma cidade heterogenea. Uma cidade com varias fases do mundo!


Durmi apenas duas horas no voo e ainda estou acordada.... aqui sao 2 da manha do dia 24.... meu voo foi de 22 pra 23.

Estou muito agitada pra dormir. E quero curtir cada segundo do dia amanha.


O mais lindo de tudo e' o Big Ben e a regiao que tem o London Eye. Uma mistura de contemporaneo com antigo.


Amazing!!!!

19 de maio de 2009

Novos ares!

Fui a minha primeira aula no novo college hoje. Aulas de English as a Second Language.

Foi a melhor escolha que fiz... Eu amei a professora, amei o ritmo da aula.

Acho que agora vou trabalhar mais seriamente no meu inglês, não que antes eu não estava, mas acho que estava só esquentando... e agora vai!

Fiz uma prova de nível antes e, de uma escala de 0 a 8, fiquei na classe 6. Bom né?

Também estou fazendo um curso de pronúncia.
Tive a segunda aula nesta segunda-feira. Muito interessante aprender como pronunciar as palavras. A idéia não é perder o acento de um brasileiro falando inglês, mas aproximar a forma correta de dizer as palavras. Parece ser bom para dar um start no cérebro! Olhar as palavras e saber como devem ser ditas!

Falando em start, eu sempre ouvi que quando a gente começa a sonhar em inglês é um bom sinal. Sinal de que nosso cérebro está pensando em inglês. Ao contrário do que pensar em português e fazer a tradução.
Eu não tive um único sonho em inglês. :-(

Mas percebi que já consigo dirigir e conversar em inglês ao mesmo tempo....

É que há uns meses atrás eu não conseguia. (hahahahaha). 
Minha cabeça só aceitava um desafio por vez. Ou eu dirigia, ou eu prestava atenção na conversa da pessoa ao meu lado. Era engraçado porque eu simplesmente abstraia do papo... completamente. Como um mute do controle remoto.
Ou... errava o caminho!

Coisas engraçadas!

Eu não acreditava que fosse conseguir falar inglês. Mesmo quando as meninas que moram aqui falavam pra mim: daqui uns meses você vai sentir a diferença. Eu pensava que sim, que um dia, mas não imaginava quando esse dia fosse chegar.... e olha que vim pra cá com esse como meu maior objetivo!

Ainda estou longe do que quero como inglês na minha vida, mas está vindo... agora é real, não é mais um névoa.
E sei que direciono todos os meus esforços pra isso.
Bom, pelo menos o tal botão que dizem que um dia clica, esse sim está clicado!   

16 de maio de 2009

O que faz um lugar especial?

O que faz um lugar especial?

Eu descobri isso quando vi pra cá.

Eu amo essa cidade que eu moro... amo essa região... amo a integração com o meio ambiente e amo de paixão a infra-estrutura daqui.

Mas sabe mesmo o que faz um lugar ser especial?
As pessoas que vivem nele. As pessoas que amam você. 
E como disse minha avó outro dia... não é porque somos sua família... mas porque te amamos!

Estou feliz aqui... mas sei o quanto aquele pedaço de mundo chamado São Paulo é especial pra mim. Porque deixei muitas pessoas queridas lá... 
Lá está tudo o que construi em 25 anos, meu passado, meus amores, amizades, família.

Estou um pouco gripada (calma gente... nada de Swine Flu) e meio sem energia. 
Então, de bobeira descansando, resolvi assistir de novo o meu presente de aniversário do ano passado. Grandes amigos incentivados pelo meu namorado fizeram um vídeo lindo de morrer pra mim... com muitas mensagens de pessoas queridas e da família. A parte mais engraçada foi a dos erros e bobeiras faladas com a câmera ligada.

Estava aqui um pouco mais de 1 mês e receber todo aquele carinho só me fez bem.
E assistir hoje outra vez só me fez relembrar todos os desejos e objetivos de quando resolvi vir pra cá. Foi como que renovar meu pacto comiga mesma.

E como disse meu tio Celso, na época dele não tinha internet e telefone era muito mais díficil, portanto era uma separação muito mais dolorosa.
Aqui tenho tudo e mais um pouco: é blog, é pasta com fotos, email, facebook, orkut, skype... não tem nem como fugir!

Dá pra me distrair bem enquanto a gripe vai embora!

Quando vim pra cá fiz uma despedida e mandei e-mails para todos contando os meus planos. Eu me senti muito querida. Nunca imaginei que eu era tão amada, que meus amigos e família tinham um carinho enorme por mim. Foi muito bom descobrir isso.
E foi também um tapa na cara por eu ter cuidado tão pouco das pessoas que gostam de mim. Acho que o amor e carinho está todo no meu coração, mas demonstrei menos do que acho que deveria. 

E isso tudo o que é?
Mais um aprendizado de vida, mas uma coisa pra minha bagagem...

Saudades meus amores!

13 de maio de 2009

Dá pra ver a diferença?


18 de abril
29 de abril
13 de maio

9 de junho

10 de maio de 2009

Feliz Dia das Mães!

video

Feliz Dia das Mães para todas as mães.

Em especial para a minha, claro!

9 de maio de 2009

6 meses - a metade!

Lembro-me de pensar: são só 4 estações do ano, 4 escovas de dentes, conto de 3 em 3 por 4 vezes e pronto um ano terá ido!
Eu estava morrendo de medo do tempo... de um ano ser muito. Sempre perguntava pra mim mesma... será que não tem mesmo um programa de au pair de só 6 meses.

6 meses.

Acho que o medo de perder o conforto e sair da inércia era tanto que eu não tinha realizado o que era 1 ano e o que eram 6 meses. Na verdade, o tempo é mesmo relativo. 
Já vi meninas contarem nos dedos os meses pra voltar pra casa porque estavam na agonia e no cansaço. Agora pra quem está feliz e usando o tempo pra estudar, sair, fazer amizades, viver, parece que vai mais rápido. A sensação é de tentar segurar o tempo com as mãos.

Eu parei de pedir pra sexta-feira chegar mais rápido, porque a semana passava voando e eu nem via o final de semana.... agora tento respirar fundo e usar o tempo durante a semana. Ler, estudar, quando não tenho aula tento não ficar em casa e ir tomar um café ou jantar com alguma amiga. 

Hoje, como lembrou minha sogra linda, faz 6 meses que saí de casa.

Sinto-me mais forte, mais capaz de realizar as coisas. Porque me lembro com medo no meu quarto pensando mil vezes se isso iria ser bom pra mim e me vejo agora feliz, com a sensação de realizada.

Sinto-me confiante. Quando cheguei aqui não conseguia fazer uma frase completa em inglês e era um pavor arriscar um telefonema. Agora vou com calma, mas arrisco. Saio sem brasileiras com meninas em que só podemos nos comunicar em inglês.

Sinto-me responsável pelas escolhas que fiz. Percebo cada dia que o que acontece comigo são consequências de tudo que escolho pra mim.
 
Sinto saudades. Mas são boas sempre. Nada de chorar ou ficar mal. 

E tenho uma vontade enorme de abraçar o mundo!!!

PS. Um parabéns especial pelo aniversário da minha sogra Edna linda! Obrigada por tudo sempre e que Deus abençõe e ilumine sua vida!
E eu ainda não lembrei a música que você cantou pra mim........ :-)