24 de novembro de 2009

Eu decidi antes!

Está sendo bom porque eu decidi antes que ia ser bom!
Eu ouvi isso em algum lugar e fiquei pensando em tudo que aconteceu em 1 ano!

Quero fazer esse post em homenagem ao término do meu primeiro ano e inicio do segundo ano de au pair!

Tudo que acontece aqui gira em torno do que estamos sentindo no dia-a-dia. Nas ansiedades, tristezas, alegrias, emoções, estresses e tudo mais! Por isso que acho que estou feliz. Lógico, que não é o único motivo para eu ter passado um excelente ano, e sei o quanto eu dei sorte com a minha família que me trata como parte dela.
Mas, essa questão de como você enxerga a situação, do estado de espírito foi primordial neste tempo.

Eu gosto porque decidi antes que ia gostar. Problemas? Lógico que surgem.... todo mundo têm. Surpresas e imprevistos? Também apareceram! Mas eu decidi antes que ia encarar todos de peito aberto e com muita força!
Se eu choro? Sim, eu choro!
Se eu já me perguntei o que estou fazendo aqui? Já sim!
Se eu sinto saudades? Sinto muita saudades dos que amo!

Mas eu decidi antes que ia ser feliz...

Vou compartilhar com vocês. Duas semanas depois que eu cheguei aqui na casa a mãe foi demitida e desde então eu trabalho com a mãe em casa. Muitas vezes, ela que decide os passeios, a comida, os horários! Eu dirijo pouco as crianças porque ela gosta de fazer isso. E eu super respeito o fato de ela ter o privilegio de passar mais tempo com os filhos. Mas, muitas vezes me senti boba, entediada, sem descanso!
E eu ficava todos os dias pensando quando será que ela vai arrumar um emprego. Todos os dias eu me perguntava quando isso ia acabar!
Até que um dia, dormindo, eu sonhei que eu dizia pra mim mesma que eu simplesmente iria parar de reclamar. E acordei, lembrando disso! Então eu percebi que o que eu estava fazendo era como um mantra. Todos os dias, eu repetia pra mim mesma: ai que saco, mais um dia de trabalho, quando será que ela vai arrumar emprego????

Decidi simplesmente parar de reclamar na minha cabeça, aceitar a situação, encarar de frente e gostar... decidi de novo ser feliz!

Tudo vai de acordo com o que se pede pra si mesmo, penso eu! Não com essa vida auperiana, mas como se encara a vida! Aprendi uma boa lição: os problemas sempre vão existir.. eles podem ser diferentes, podem ser resolvidos e novos surgirem.. mas o nosso estado de espírito e como encaramos tudo é o que fará toda a diferença.

E assim, se foram os meus 12 meses. Um entra e sai de gente... grandes amizades... bons passeios... excelentes viagens.... compras.... estudos... o inglês que vem cada dia melhor!

Sabe por que?
Por que eu decidi antes que iria ser um GRANDE ANO!

9 comentários:

Glau Ribeiro disse...

É aqui mesmo que a gente assina embaixo né? Eu penso muito sobre o meu ano de au pair [que ainda falta mto pra acontecer] pq tenho esses medos todos de não dar certo por isso e por aquilo. Mas EU decidi que vai ser O MEU ANO, e que eu vou fazer de TUDO para que dê certo e ponto. Depois que passei a pensar assim como vc descreveu no post, me senti muito mais confiante pra ir.

Problemas e diferenças sempre tem, mas faz parte. E a gente aprende com todas as adversidades se estivermos dipostos a aprender.

Tudo de melhor pra vc no 2º ano de au pair!

Grande Beeeeeijo!

by the way...I'm Rach! disse...

Cinthya, oi..estou embarcando agora em Dezembro, fico lendo os blogs de au pair...Adorei seu post! Acima de tudo temos que encarar nossos objetivos e o lado positivo em toda situaçao, concordo plenamenteee...hehe (saudades, problemas SEMPRE vão existir!) Abraços!!

Tatii disse...

adorei o post!!!!!

Jessica. disse...

Oiiiii Cinthya!!!
Nooossa pior q tu q tu escreveu eh verdade..tudo vai da nossa cabeça e dos nossos pensamentos! Atraimos aquilo q queremos!!! E tu agiu da melhor forma possivel. Acho q so assim mesmo para consiguir ficar tao longe daqueles q amamons neh!?
Quando eu tiver la fora vou me lembrar disso, com certeza!
tudo de bom pra ti no segundo ano!! beejOOO.

Tio Celso disse...

É isso ahí !!!
Tem olhar todos os anglos.

Vai que se arruma um emprego, então todos os dias o "Chefe" está lá, êle quem decide, êle quem manda, êle quem assina, autoriza, vista, rubrica...

Ai ! Ai ! Ai ! é tudo dentro do escritório, fechado em uma sala o dia inteiro.

Puxa ! Você é que feliz.
Ela decide passeios e você passeia.
Ela divide com você a responsabilidade de educar.
Ela dirige e você sai de casa.

A maioria das pessoas tem Gerente, Chefe e até marido e esposa.

Ai fica aquele concorda e discorda.
Ôoo vontade de trocar de marido, esposa e chefe, mas encorperfeição é difícil.
Abraço
Tio Celso

Hane disse...

pior eh q eh
vc esta totalmente certa
sao as pessoas q pensam assim q sao as mais felizes e aproveitam a vida da melhor forma
pena q sempre a gente consegue agir dessa forma
mas temos q trabalhar td dia pra aprendermos isso
bjus e bom fds :)

Juliana Cardoso disse...

oi Cinthya!

Nossa... lendo o seu post passaram várias coisas na minha cabeça.
Mas é exatamente isso que você escreveu viu!
Não existe uma vida perfeita... a felicidade é um estado de espírito que escolhemos, porque SEMPRE terão problemas, alguns grandes e outros minúsculos... só que é isso que nos faz crescer.

Eu adorei ler tudo isso, e é muito bom que vc tenha essa força, essa atitude. Isso demonstra que você é madura.

:)

Boa sorte no seu segundo ano!
te desejo tudo de bom!

bjuu

Aline disse...

Que bacana seu post, penso como você, os problemas são do tamanho que os vemos!!!

Bju

Nadia disse...

Querida Cinthya,
Muito boas as suas palavras!

Li seu blog inteirinho em apenas um DIA! Rs e o pior é que eu tinha o que fazer! rs

Sem duvidas 2010 será o MEU ANO e por isso o escolhi para fazer o au pair. E ao contrário de muitos blogs que li, o seu nos incentiva e mostra todos os bons motivos para enfrentarmos esse novo desafio.

Muito obrigada por compartilhar 'comigo' todas as suas experiências...

Beijos e muito boa sorte esse novo ano.