7 de abril de 2009

Recebi um email de uma futura au pair, perguntando como é ser au pair e como esta sendo a minha experiência e quero dividir com vocês o que penso sobre isso:

A experiencia de ser au pair varia de pessoa pra pessoa de acordo com alguns fatores.

Vc realmente precisa gostar de criancas e saber lidar com elas, porque aqui e' um pais diferente e culturamente as criancas sao tratadas diferenciadas, com mil brinquedos e com todas as vontades atendidas. Logico que isso nao e' uma regra, mas quando a familia tem dinheiro pra ter uma au pair, ela pelo menos tem uma vida bem estabelecida aqui.

Outro fator muito importante e' escolher a familia certa. E qual a familia certa? Aquela em que vc se sente bem, em que os mesmos valores batem, os mesmos pensamentos. Vc precisa pensar nisso quando estiver naquele processo de escolher. Pensar no que vc quer pra vc! 

Esses dias mesmo eu vi uma historia de uma mae que pediu rematch de uma alema de 19 anos. Nao que a menina tivesse feito coisas ruins ou que a mae fosse chata, mas imagina uma mae perfeccionista que gosta de organizacao com uma menina de 19  que acabou de sair do pais de origem e da barra da saia da mae... ainda uma adolescente... nao combinou, esse foi o motivo. Agora ela esta procurando uma menina mais velha, que faca tudo nos minimos detalhes.... talvez a mae e a nova menina se entendem melhor porque tem a mesma cabeca.

Sobre a minha experiencia. Eu nao me arrependo de ter vindo pra ca nao. Ja sao quase 5 meses e estou muito feliz, com mil planos de cursos que quero fazer, e viagens para novos lugares!

Eu sei que dei "sorte" porque minha familia e' tudo de bom.... minha host perdeu o emprego logo depois que cheguei aqui e esta em casa sempre... se eu nao me desse bem com ela ja estaria louca.

Sei que meus horarios sao mais pesados... eu trabalho com dois bebes de quase 2 anos... gemeos, meu horario e' dia todo, mas tenho o meu fim-de-semana livre. Sei de muitas meninas que trabalham apenas de tarde porque as kids vao pra escola e tem os finais de semana livre tb, mas nao troco minha familia adoravel por nada. Foi a escolha que fiz.

Sou formada em comunicacao e sinto muito falta de escritorio, de trabalhar com empresas e gente "grande", mas foi a escolha de vida que fiz. Estava confusa quando escolhi vir pra ca, mas hoje tenho a certeza que isso aqui e' mais que aprender ingles, viajar, conhecer pessoas do mundo todo; isso aqui e' experiencia de vida, e sair de casa e se virar. Aqui eu tenho algumas amigas, a familia que me apoia, meu Skype que posso ligar pra casa qq minuto que eu queira, mas sei que no fundo no fundo estou sozinha, eu que tenho que decidir tudo por mim, nao tem ninguem perguntando se estou bem, precisando de alguma coisa, verificando se estou usando o dinheiro de uma forma sensata... nao! Sou a unica responsavel por mim aqui!

Acredito que essa experiencia de vida seja muito valorizada nas empresas, num futuro quando eu voltar pra minha area. E tenho certeza que cada dia mais sou uma pessoa melhor.

Sou suspeita pra falar, porque me entreguei nesta experiencia de vida.... fechei os olhos e disse pra mim mesma: vou para um outro pais, trabalhar com criancas, aprender o ingles e esquecer da minha vida no Brasil (pelo menos por enquanto).

Logico que de vez em quando bate a saudade, mas isso e' de cada uma.... eu sinto saudades so quando estou muito tempo sozinha.... quando nao falo portugues no telefone, quando vejo uma coisa que me lembra minha casa, como o dia que fui pra praia...... 

Tudo depende da sua experiencia de vida e do quanto vc esta disposta a largar por um tempo (1 ano ou mais) a fim de construir coisas novas, conhecer diferentes formar de comidas, cheiros, estilos de vida!

E do tamanha da sua paciencia e jogo de cintura com criancas, porque isso e' o principal aqui. Claro que vc tem a sua vida e seu tempo livre....

E de repente para quem nao gostou da experiencia que viveu como au pair ou sofreu muito, pode ser que nao foi o tempo certo ou nao foi a familia certa... ou que a pessoa nao estava preparada para as coisas ruins que vem junto com as boas! Eu nao sei..... Mas se vc vier e passar por uma experiencia e "aguentar" ate o final, com certeza vc volta mais forte!

3 comentários:

Hane disse...

concordo com tudo, cinthya, obgda pelas dicas. eu gosto de ler essas coisas, principalmente qdo vem de au pairs q se deram bem. vou me lembrar dessas palavras, pode crer :)

bjus!!

-ritinha disse...

"mas hoje tenho a certeza que isso aqui e' mais que aprender ingles, viajar, conhecer pessoas do mundo todo; isso aqui e' experiencia de vida, e sair de casa e se virar."

Valeu pela postagem...muito esclarecedora e motivadora pra mim.
E, realmente, creio q o maior aprendizado é justamente essa independencia, é aprender a se virar!
Eu quero aprender isso!!
Rita!

bjos

CáàH Rocha disse...

Eu Amei o seu texto!!!
Nossa voce se expressa muito bem.
Vou ser Au Pair em 2010 e gostei muito do que falou, valeu pelaas dicas!!
Vou te linkar ok?
Beijoss